O principal objetivo do projeto europeu Media Coach é melhorar os níveis de literacia mediática entre os jovens, através de profissionais dos media que trabalham com jovens em escolas, centros de juventude e em contextos não formais como bibliotecas e museus.

Uma prioridade europeia

Quanto mais difundido é o papel dos novos medias na sociedade moderna, maior é o imperativo de identificar e gerir o desenvolvimento das competência e capacidades essenciais para os usar.

Daí que a alfabetização para os media tenha vindo a ganhar maior destaque nos últimos anos, tanto nos discursos académicos como no debate político, devendo tornar-se ainda mais importante no futuro, à medida que os "novos media" - com destaque para as comunicações digitais, a internet e a telefonia móvel - se vão tornando quase universais.

A nível da União Europeia, a literacia mediática é considerada uma das principais prioridades. O Parlamento Europeu e a Comissão Europeia identificam a literacia mediática como factor importante na construção e preservação da democracia.

Os avanços tecnológicos - computação móvel, realidade aumentada, blogs, redes sociais e outras formas de conectividade - estão a gerar novos media que vão muito além dos convencionais formatos impressos ou de difusão.

O acesso à informação por parte das pessoas tem vindo a aumentar, assim como as possibilidades de expressar ideias, comunicar e compreender o ambiente onde se inserem através dos novos media. Nas salas de aula e em ambientes informais de aprendizagem, estes novos meios de comunicação estão em expansão e desafiam os conceitos de aprendizagem e literacia.

Nesse contexto, e tendo em conta as mudanças na forma como usamos os meios de comunicação e no enorme volume de informação que recebemos, a questão da capacidade de os jovens “pesquisarem, analisarem, avaliarem e acederem de forma critica a imagens, sons e textos" assume grande relevância, como factor essencial para a cidadania activa na sociedade da informação de hoje.

O objetivo

O principal foco do projecto europeu MediaCoach é a melhoria dos níveis de literacia mediática entre os jovens, através da constituição de um grande grupo de profissionais de literacia para os media que trabalham com jovens nas escolas, centros de juventude e em contextos não formais, como bibliotecas e museus.

Em vez de tentar desenvolver um projeto piloto experimental, o projeto europeu MediaCoach propõe-se ampliar uma inovação reconhecida e comprovada no campo da literacia mediática.

Mais concretamente, o projecto europeu MediaCoach pretende replicar uma prática no domínio da literacia mediática que tem revelado resultados demonstráveis ​​e com provas de impacto qualitativas e quantitativas ... a do programa nacional holandês MediaCoach Training Initiative.

A iniciativa holandesa MediaCoach Training Initiative será replicada nos seguintes cinco (5) contextos nacionais da União Europeia:

  • Chipre,
  • Grécia,
  • Portugal,
  • Roménia,
  • Bulgária

O projecto da iniciativa europeia MediaCoach, que reúne os principais atores no domínio da literacia mediática, pode ser um importante catalisador para alargar a todas as regiões e países uma das práticas europeias mais bem sucedidas no domínio da literacia mediática dos jovens.

Literacia Mediática

A seguinte definição de literacia mediática foi acordada entre os peritos em literacia mediática da Comissão Europeia e foi aprovada pelo Conselho Europeu.
O que é a literacia mediática

A literacia mediática é a capacidade de aceder a meios de informação, de entender e avaliar criticamente os diferentes aspetos dos media e dos conteúdos e de criar comunicações em diversos contextos. Inclui todos media.

O objetivo da literacia mediática

O objetivo da literacia midiática é aumentar a consciência das pessoas face às múltiplas formas de mensagens dos media com que convivemos nas nossas vidas quotidianas. As mensagens de media podem dividir-se por programas, filmes, imagens, textos, sons e sites que são difundidos por diferentes formas de comunicação.

Inclusão digital e cidadania

A literacia mediática é uma questão de inclusão e cidadania na sociedade da informação de hoje. É uma competência fundamental, não só para os jovens, mas também para adultos e idosos, pais, professores e profissionais dos media.

Em resumo

Em suma, a literacia mediática é a competência de aceder, usar, avaliar, criar e participar nos media.
Estas competências são consideradas uma das mais importantes competências do século XXI, sendo um pre-requisito para uma cidadania ativa e plena.

Entendimento crítico é o foco

A compreensão crítica é o foco (e a ambição) final da literacia mediática.
Deve ser identificada como um fator chave para o desenvolvimento na educação e na esfera política. Isto inclui o aumento de competências para: compreender o conteúdo e a função dos media; aumentar o conhecimento sobre o contexto dos media; e permitir uma boa avaliação, ao garantir ao utilizador um comportamento adequado.

A importância da literacia mediática

Prevê-se que na próxima década os media, em todas as suas formas, venha a aumentar o seu volume atual entre dez e cem vezes. Portanto, no ambiente atual e tendo em conta a inovação futura, ter competências de media já não é uma simples vantagem. Pelo contrário, é uma desvantagem debilitante não ter competências para os media.

Com o rápido crescimento da tecnologia digital, e a sua crescente utilização nos negócios, na educação e na cultura, é de vital importância garantir que todas as pessoas têm a capacidade de entender e envolver-se nos media digitais.

A educação para a literacia mediática é essencial para salvaguardar a democracia europeia. Uma população com literacia mediática é uma população informada, envolvida e responsável na sua utilização dos media, tanto como consumidores como produtores.

Na era da informação, é necessário ter competências de literacia digital para participar plenamente da vida pública, inclusive nos negócios, na sociedade e na política.

O projeto holandês

Durante vários anos, a iniciativa holandesa MediaCoach alcançou com sucesso o objetivo de melhorar a literacia mediática entre crianças, jovens e pais, formando profissionais a trabalhar com a juventude, incluindo professores, bibliotecários, jovens trabalhadores, funcionários públicos e outros profissionais da sociedade civil. A iniciativa deu a estes profissionais a oportunidade de estudar as possibilidades e desafios destes novos media e literacias.

É uma das práticas mais escalável, replicável e adequada no domínio da literacia mediática na Europa, porque revelou:

  • Forte relevância em termos da abordagem à questão premente da literacia mediática
  • Um período de 3 anos de testes e ajustamento bem-sucedidos
  • Replicações anteriores bem-sucedidas noutros contextos nacionais
  • Facilidade de transferência e adopção por outras organizações em contextos nacionais distintos
  • Nomeação como uma das doze melhores práticas na Europa no campo da literacia mediática

O projeto MediaCoach é cofinanciado pelo programa Erasmus+ da União Europeia.
Duração do projeto: 36 meses
Data de início: 01.12.2017
Data de Conclusão: 30.12.2020